Farsul

“Do Campo à Mesa”, uma parceria que dá certo

Mais de 9 mil interações e atendimentos foram realizados no Espaço Juntos para Competir, na Expointer


A parceria já consagrada de Farsul, Senar-RS e Sebrae RS, por meio do programa Juntos para Competir, aliada à expertise da Fiergs/Senai e da Fecomércio/Senac na 42ª edição da Expointer, validou um formato que vem sendo realizado há três anos na feira. Mais uma vez, o conceito do "Campo à Mesa" proporcionou aos visitantes que circularam pelo espaço informações e conhecimento sobre as cadeias produtivas da vitivinicultura, da pecuária de corte e do leite e derivados. Durante os nove dias da maior feira agropecuária da América Latina, mais de 9 mil interações e atendimentos foram realizados, estimulando experiências que reforçam o aprendizado e aproximam o consumidor final do processo de cadeia produtiva. A Expointer ocorreu de 24 de agosto a 1º de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

"A qualidade de um produto que chega à nossa mesa é de responsabilidade de toda a cadeia produtiva: desde o plantio, no campo; a transformação, na indústria; até a entrega diferenciada ao consumidor final, no comércio e serviços. É por isso que temos atuado na Expointer, além de outras oportunidades, de forma conjunta, agregando conhecimento e a capacidade de cada organização neste processo", destaca o diretor Técnico do Sebrae RS, Ayrton Pinto Ramos. Conforme o dirigente, a cada edição da feira, o Espaço Juntos para Competir atrai mais visitantes, seja para acompanhar a Vitrine da Carne, o Espaço de Harmonização ou a Arena Inovação. "Nesta edição, tivemos um incremento de 51% nas interações com o público em relação ao ano passado", comemora.

Para o diretor da Farsul e gestor do programa pela Federação, Fábio Avancini Rodrigues, é importante apresentar o programa para que haja a compreensão do seu tamanho. "As três casas se uniram para levar o desenvolvimento para o produtor rural. Mostramos as três cadeias que serão trabalhadas nas 23 unidades, juntamente com a inovação que é um tema transversal", comenta.

Pelo segundo ano consecutivo, as startups estiveram presentes com produtos e serviços voltados para o agronegócio, aproximando o produtor rural das novas tecnologias. Neste ano, a inovação ficou por conta do Like a Farmer, uma batalha de pitches com 18 startups e duração de três dias. As vencedoras, avaliadas por uma banca de investidores, foram a Jetbov, de Joinville, e a Eirene Solutions, de Porto Alegre.

Benchmark para outros estados
Outro aspecto ratificador desse formato que agrega a expertise da Farsul, Senar-RS e organizações da indústria e do comércio e serviços, além do Sebrae RS, foi a visita de outros estados para conhecer o espaço na Expointer, bem como o programa Juntos para Competir. "Do estado de Goiás, por exemplo, vieram as principais lideranças do setor agropecuário, do Sistema Faeg Senar GO e o diretor-superintendente do Sebrae-GO já adiantou que levará um processo semelhante ao executado aqui", afirma Ayrton Ramos.

O assessor da Superintendência e gestor do programa pelo Senar-RS, Antônio Aguinaga, destaca o envolvimento da Fiergs/Senai e da Fecomércio/Senac no Espaço Juntos Para Competir. "Efetivamos realmente o conceito Do Campo à mesa, criando uma fortaleza que gerou interesse em outras federações e Sebrae de outros estados, além da própria CNA (Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil), em conhecer melhor o funcionamento do programa e seus resultados", destaca.

Neste ano, o Espaço Juntos para Competir destacou, em diferentes painéis expostos no local, experiências bem-sucedidas de empreendedores que cresceram e se desenvolveram a partir do ingresso ao Juntos para Competir. Até o final de 2019, o programa atentará 2.800 produtores rurais das principais cadeias produtivas: bovinocultura de corte, bovinocultura de leite, ovinocultura, apicultura, vitivinicultura, horticultura e agroindústria.

Excelência da carne gaúcha
A Vitrine da Carne Gaúcha, mais uma vez, mobilizou o maior número de visitantes. A iniciativa da Farsul que compõe o Espaço Juntos para Competir reuniu 3.346 participantes. Com o objetivo de valorizar a qualidade da carne produzida no Rio Grande do Sul, o espaço apresentou ao público técnicas empregadas para o melhor aproveitamento do produto, como métodos de desossa de carcaças de ovinos, suínos e bovinos, e sugestões de preparo.

Harmonização na mesa
Mais de 1.500 pessoas realizaram as oficinas de harmonização que contavam com os vinhos gaúchos, os queijos Colonial e Serrano e o doce de leite. "Devido ao sucesso do ano passado, ampliamos o número de vagas para 26 pessoas e, mais uma vez, o espaço foi um sucesso.

Saiba mais sobre o Juntos para Competir
Por meio da participação em grupos de trabalho, são traçadas metas desejadas e desenvolvidos os planos anuais de atividades. As ações são realizadas em conjunto pelas entidades que promovem o programa, com a participação de parceiros locais que estejam envolvidos no desenvolvimento dos setores trabalhados. As ações desenvolvidas são relativas à tecnologia de produção e industrialização, ao acesso a mercados e à gestão, melhorando a qualidade dos produtos e agregando valor à produção agropecuária.
O agricultor interessado em participar pode sempre entrar em contato com o Sindicato Rural, supervisor regional do Senar-RS ou escritório do Sebrae RS mais próximo para saber de novos projetos coletivos e individuais.

SEE ALSO ...